O Financial Times e a Equilar revelam quais os gestores da banca mais bem remunerados
\r\n

 

\r\n
\r\n

Anualmente, o jornal económico em parceria com a Equilar, compilam as remunerações dos gestores de topo da banca e os dados indicam que os pacotes salariais subiram na generalidade de 2013 para 2014, embora não atingido os níveis da pré-crise financeira.

\r\n

Contudo, existe um português entre os 10 banqueiros mais bem remunerados do sector da Banca: António Horta-Osório, presidente do Lloyd's Bank, que auferiu em 2014 um pacote global de 12,9 milhões de dólares, colocando-se assim na 9ª posição do Ranking.

\r\n

 

\r\n

1º Posição: Jamie Dimon. Em 2014, o líder do JP Morgan Chase encaixou um pacote de 27,6 milhões de dólares. Em 2013 o valor era de 11,8 milhões.

\r\n

2º Posição: James Gorman. O gestor lidera o Morgan Stanley, tendo num ano a sua remuneração subido de 13,9 milhões de dólares para mais de 23 milhões.

\r\n

3º Posição: Lloyd Blankfein, gestor do banco norte-americano Goldman Sachs. Recebeu 22,2 milhões de dólares, acima dos 19,9 milhões acumulados em 2013.

\r\n

 

\r\n
\r\n
\r\n
\r\n

Rede Social Negócios

\r\n
REGISTE-SE. É GRATUITO!
\r\n
 
\r\n
 
\r\n
4º Posição:  John Stumpf, gestor na liderança do norte-americano Wells Fargo, com 19,3 milhões de dólares recebidos. 
\r\n
 
\r\n
5º Posição: Com 15,6 milhões surge Stuart Gulliver. O valor é acima do recebido pelo líder do HSBC em 2013, 11,6 milhões de dólares, apesar de no ano passado o banco ter tido uma queda de 17% dos lucros antes de impostos. 
\r\n
\r\n

 

\r\n

6º Posição: Brian Moynihan com o maior pacote de remuneração, 14,6 milhões recebidos o ano passado. 

\r\n

7º Posição: Do top 10 Michael Corbat foi o único a ver reduzida a sua remuneração em 2014. De 17,6 milhões, para 14,5 milhões. O Citigroup também não teve um melhor ano, pois falhou os testes de stress da Reserva Federal norte-americana, pagou multas milionárias e ainda foi revelado um esquema fraudulento na operação no México.

\r\n

Durante três anos co-liderou Deustche Bank, mas a 7 de junho Anshuman Jain e com Jurgen Fitschen apresentaram a sua demissão. Ocupando assim, a 8 e 10ª posição do ranking, com remuneração de 13,2 e 12,1 milhões de dólares, respectivamente.

\r\n

Fonte: Dinheiro Vivo

\r\n

 

Dev. by MARKUP® | Privacidade | Termos & Condições | Copyright © Sociedade Digital | CrowdFunding Networks

 Android app on Google Play 
Pagamentos por Paypal
Certificado de integridade da página
Certificado de desempenho da página